(41) 3245-5000

O forro de gesso ou dry-wall, além de decorar o ambiente, pode resolver os problemas de vigas aparentes e rebaixamentos de um modo geral. Suas características de resistência ao fogo, melhor isolamento termo-acústico, economia e rapidez na instalação, fazem com que o forro de gesso seja superior aos demais.

Cuidados básicos que o cliente precisa saber antes do nosso trabalho

A parte elétrica precisa está toda distribuída antes da nossa equipe entrar, depois que executarmos o nosso trabalho o eletricista deverá voltar e terminar o serviço de instalação das luminárias. Recomendamos que todo o trabalho de pintura, piso e móveis seja feito depois do nosso trabalho. O ambiente deverá estar livre de móveis e ou outros objetos para termos livre acesso e para que não os danifique

Cuidados com o forro de gesso

Nos forros de gesso não se deve permitir impactos, pois podem quebrar. Não fixar ganchos ou suportes para pendurar vasos ou qualquer outro objeto, pois os forros não foram dimensionados para suportar peso.

Uso do gesso na arquitetura de interiores:

O uso do gesso na arquitetura de interiores poderá ter até duas funções, a decorativa com molduras, frisos, sancas, iluminação embutida, além de perfis e bordas de janelas e portas e rebaixamento de teto, aí não só pela sua função estética, mas também, muitas vezes, pela necessidade de se esconder uma tubulação ou viga aparente no teto.

Pintura sobre o gesso

1) Aplique duas demãos do fundo preparador de paredes ou fundo branco fosco, diluídos com solventes a base de água raz e na proporção indicada pelo fabricante; ou seja: faça uma boa impermeabilização do forro.

2) Espere 12 h (doze horas) para refazer a pintura.

3) Caso não siga estas recomendações seu forro amarelará novamente!

Se seu forro irá ser pintado pela primeira vez, siga os seguintes passos

1) As junções do forro devem estar secas, isto é, a coloração deve estar semelhante a do forro, branca

2) Ou espere uma semana após a colocação do forro para pintar.

3) Aplique a massa corrida PVA em camadas finas e sucessivas até a perfeita regularização da superfície, o lixamento (lixa n° 120) da massa deve ser feito quando esta estiver bem seca , ou seja, 12 h após aplicação.

4) Para não gastar muito fundo preparador, pois este é muito caro, aplique após o lixamento uma demão de tinta (espere 4 h para aplicar o fundo preparador).

5) Aplique duas demãos do fundo preparador de paredes ou fundo branco fosco, diluídos com solventes a base de água raz e na proporção indicada pelo fabricante.

6) Espere 12 h (doze horas) para à pintura.

Se você ainda não comprou o forro, adquira-o da Gessopar, pois o nosso não requer o fundo preparador e tem garantia de 2 anos.

Para pintura sobre molduras e sancas, siga as seguintes instruções:

1) Após estarem secas, faça o lixamento (lixa n° 120) e aplique uma demão de tinta, se observar algumas falhas após esta demão, corrija-as com massa corrida.

2) Siga o mesmo procedimento para a pintura em forros de gesso